Direção de arte : a eterna busca da perfeição

O conceito de direção de arte ganhou grande importância nos EUA a partir dos anos 40, fruto da necessidade da publicidade e do cinema de representar o “american way of life “. Cada detalhe era exagerado em sua carga simbólica na busca de exteriorizar a imagem da perfeição e da supremacia pretendidas pelos americanos.

Um bom exemplo deste princípio estético e político que permeava o processo de criação e produção é esta cena do filme  The Milkman ( “O leiteiro” ) de 1950 protagonizada por Donald O’Connor que interpreta canção The Early Morning Song ( “A Canção do Amanhecer” ).

httpv://www.youtube.com/watch?v=Mrg2YU2rajQ

Todos elementos da linguagem audiovisual são propositadamente “arrumadinhos” para garantir a plena compreensão da obviedade da cena que é conduzida com extremo zelo de cenografia, enquadramento, “mickeymousing” ( técnica de representar cada movimento ou intençao da cena com elementos rítmicos e melódicos  explicitos) e com uma coreografia algumas vezes em forma de pantomima, outras vezes em movimentos extraídos da arte circense.

Como pano de fundo casas, ruas, cozinhas, cercas, jardins, figurinos….na mais perfeita exaltação da “beleza americana” que mais tarde seria retratada de maneira decadente no filme de mesmo nome do diretor Sam Mendes.

Deixe uma resposta